Domingo, 6 de Janeiro de 2008

E o comboio não passava em Lousada

 

Pela primeira vez, as populações de três concelhos reuniram-se à volta de uma ideia: o caminho-de-ferro.

A linha do Tâmega revelava-se insuficiente para as necessidades das populações de Penafiel, Lousada e Felgueiras, uma vez que as estações existentes distavam vários km dos respectivos centros. Estes concelhos estavam isolados no progresso e nas comunicações. Não havia, ainda, o transporte rodoviário, só o caminho-de-ferro era a ligação rápida da época.

Não sendo contemplado pelo governo com uma linha ferroviária que tirasse do isolamento estes concelhos, em 1908, o Dr. Cerqueira Mago lança a entusiasta ideia do caminho-de-ferro de Penafiel à Lixa, passando por Lousada e Felgueiras. Esta ideia foi abraçada por toda a população, uma vez que representava um grande melhoramento para o comércio, indústria e população dos concelhos por onde se projectou passar.

Nesse mesmo ano, iniciaram-se as diligências para dar início à construção da linha férrea. Em Maio, registava-se já uma grande lista de subscritores para as acções do caminho-de-ferro de Penafiel à Lixa.

Em Fevereiro de 1909, começavam os primeiros trabalhos para a organização da planta dos terrenos por onde devia passar o caminho-de-ferro. Em Lousada a linha atravessava o concelho nas freguesias de Lodares, Nevogilde, Nespereira, Boim, Cristelos, Silvares, Nogueira, Alvarenga, Stª Margarida e S. Miguel.

A 8 de Novembro de 1913, foi inaugurado o troço de Novelas a Lousada. O comboio, rebocado pela máquina "Lousada", chegou à Vila de Lousada por volta das 11 horas e o percurso fazia-se em 22 minutos.

Uma multidão aguardava a chegada do comboio, com um festival de fogo de artifício animado pelas bandas de música de Lousada e Vizela. A rua Visconde d'Alentém estava embandeirada e das janelas eram atiradas flores à passagem do comboio.

Em 1916, dada a crise da I Guerra Mundial, a Companhia começava a atravessar um período difícil que, a par dos frequentes acidentes na via-férrea, punham em risco a sua existência. A conjuntura política nacional e internacional, conjuntamente com a circulação rodoviária de pesados que se intensificara em meados de 1920, deram a machadada final no futuro da Companhia.

Apesar das várias tentativas de liquidação das dívidas da companhia, o caminho-de-ferro não tinha condições de viabilidade. Estava, assim, inutilizado o esforço, iniciativa e carinho devotado por algumas dezenas de homens que conseguiram construir, sem auxílio do Estado, facto único em Portugal, a primeira associação voluntária de municípios de três concelhos: Lousada, Penafiel e Felgueiras.

Da passagem do comboio por Lousada, carinhosamente apelidado de «Dona Joaquina» ou «Dona Chocolateira», ficaram somente as fotografias e o apeadeiro de Gondariz, mandado edificar pelo Visconde de Lousada, para uso pessoal no acesso ao comboio.

Ficou, também, o empenho de uma população na concretização do sonho que nasceu de uma ideia no tempo da monarquia (1908), viveu durante a 1ª República, sofreu as amarguras da I Guerra Mundial e veio a morrer durante a vigência da governação militar (1931) instaurada após a Revolução Militar de 28 de Maio de 1926.

 Prof. Margarida Moreira

 

tags:

Margarida às 17:09

link do post | comentar

Momentos da História Universal ou um pouco mais próxima... Pretende estimular a autonomia dos alunos e o gosto pelo conhecimento do passado. Projecto BlogN - EB 2/3 de Nevogilde

Actividades/História

posts recentes

E o comboio não passava e...

Maio 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
25
26
27
28
29

30
31


arquivos

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Maio 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Novembro 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Contador: 03/01/08

tags

11º ano(3)

25 de abril(3)

7º ano(4)

8º ano(4)

9º ano(12)

alunos(1)

anos 20(3)

anos 70(2)

capitalismo financeiro(1)

carnaval(1)

civilização grega(1)

comboio(1)

cristianismo(1)

democracia(1)

estado novo(1)

feudalismo(1)

guerra fria(2)

hinos(2)

homenagem(1)

jhsaraiva(1)

lisboa(1)

lodares(1)

lousada(1)

música(1)

o gótico(1)

queda do império(1)

renascimento(2)

revolução francesa(1)

revolução industrial(2)

revolução liberal 1820(5)

romantismo(1)

século xix(4)

segunda guerra(1)

sociedade e cultura(2)

todas as tags

mais sobre mim